Lewis Hamilton corre risco de penalidade por infração técnica DRS no Brasil - já que Verstappen também é convocado para comissários

Hamilton corre risco de penalidade por infração técnica DRS no Brasil - já que Verstappen também é convocado para comissários

 Lewis Hamilton pode correr o risco de mais uma penalidade no Grande Prêmio de São Paulo neste fim de semana, depois que seu carro foi encaminhado aos comissários por uma infração técnica após a qualificação.

Hamilton superou Max Verstappen por mais de quatro décimos na sexta-feira para levar a P1 para a Sprint de sábado, mas ele já tem uma penalidade de cinco lugares na grade para o Grande Prêmio de domingo, tendo adquirido um novo motor Mercedes neste fim de semana.

Mas suas preocupações podem aumentar depois que Jo Bauer, delegado técnico da FIA, encontrou algo errado com seu Sistema de Redução de Arrasto na tarde de sexta-feira em Interlagos.

"As posições ajustáveis ​​do elemento da asa traseira superior foram verificadas no carro número 44 para conformidade com o Artigo 3.6.3 dos Regulamentos Técnicos da Fórmula Um de 2021. O requisito para a distância mínima foi cumprido", leu o relatório de Bauer após a qualificação.

“Mas a exigência de no máximo 85mm, quando o sistema DRS é implantado e testado de acordo com a TD / 011-19, não foi cumprida”, acrescentou.

Bauer agora encaminhou o assunto para os administradores que farão um julgamento e aplicarão uma penalidade se necessário. Um representante da Mercedes foi chamado para ver os comissários às 19h15, horário local no Brasil.

ATUALIZAR

Pouco antes das 22h, horário local, os comissários anunciaram que não haveria decisão até a manhã de sábado.

"Os comissários suspenderam a audiência relativa ao Documento 18 do Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1 da FIA de 2021 enquanto aguardam mais evidências que não estarão disponíveis até a manhã", disse um porta-voz da FIA.

Eles também confirmaram que o conjunto da asa traseira do carro de Hamilton será removido e apreendido durante a noite.

Verstappen também foi convocado para ver os administradores

A história então mudou de direção, pois às 22h30, horário local, os comissários anunciaram que convocaram Max Verstappen e um representante da Red Bull para comparecerem perante eles às 9h30, horário local, no sábado por uma "alegada violação do Artigo 2.5.1 da FIA Código Desportivo Internacional ".

Esse artigo afirma que "no Parque Fechado, só podem entrar os funcionários designados. Nenhuma operação, verificação, ajuste ou reparo é permitido a menos que seja autorizado pelos mesmos funcionários ou pelos regulamentos aplicáveis."

Verstappen foi visto se aproximando do carro de Hamilton em Parc Ferme após a qualificação, com um vídeo feito por um fã no circuito, aparentemente mostrando-o tocando a asa traseira do Mercedes - possivelmente a suposta violação pela qual ele foi convocado.

Isso significa que ambos os candidatos ao título podem enfrentar pênaltis neste fim de semana, mas nenhuma decisão será tomada até sábado.

Comentários