Vettel diz que estava "a algumas voltas" da luta por P6, após estender os pontos disputados na França

Vettel diz que estava a algumas voltas da luta por P6, após estender os pontos disputados na França

 Depois de não conseguir pontuar nas primeiras quatro corridas de 2021, o nono lugar de Sebastian Vettel no Grande Prêmio da França marcou seu terceiro resultado com pontos consecutivos para a Aston Martin. Mas o tetracampeão disse que algumas voltas extras na corrida de Paul Ricard poderiam ter feito com que ele lutasse por ainda mais pontos do que os dois que conquistou.

Assim como no Grande Prêmio do Azerbaijão - onde Vettel conquistou o primeiro pódio de Aston Martin na F1 - Vettel correu muito na primeira temporada do Grande Prêmio da França, com Aston Martin esperando até a volta 37 de 53 antes de puxar seu homem - que se classificou P12 - em sua parada.

E foi uma decisão que rendeu dividendos, com Vettel a conseguir passar por Yuki Tsunoda e Carlos Sainz para reclamar o nono lugar. Mas poderia, sentiu Vettel, ter sido ainda melhor ...

“Foi uma boa corrida para nós,” disse Vettel. “Tentámos algo diferente e acho que o ritmo estava bom; estávamos na mistura com os Alpines e também Pierre [Gasly] em termos de ritmo - talvez os McLarens fossem um pouco mais rápidos, mas faltaram apenas algumas voltas no final, caso contrário, poderíamos ter tido um batalha em nossas mãos por talvez mais pontos ... estava muito perto de alcançar aquele grupo até P6 no final. ”

Vettel avança para Sainz

Mostrando o forte ritmo que Aston Martin teve na França, Lance Stroll superou falhando em sair do Q1 - após uma bandeira vermelha combinada com uma violação dos limites da pista que fez sua primeira volta ser excluída - para terminar atrás de Vettel no P10.

E com a Aston Martin, em seu disfarce de Force India / Racing Point, nunca tendo marcado um ponto em Paul Ricard, Stroll chamou o segundo resultado duplo de pontos da equipe do ano um "resultado bem merecido".

“Eu estava confortável com o carro e conseguimos extrair um bom ritmo hoje,” disse Stroll, que correu apenas três voltas mais curto do que Vettel na primeira passagem. “O Paul Ricard é normalmente uma pista com poucas ultrapassagens, mas consegui fazer todos os meus passes na pista. As condições eram um pouco complicadas porque o vento mudava de volta em volta e havia bastante degradação dos pneus em todo o campo.

“Perto do final da corrida, muitos pilotos lutavam por aderência e pudemos aproveitar para terminar em P10. Foi um resultado merecido e uma boa estratégia certamente ajudou. ”

Comentários