O que a equipe Haas disse - sexta-feira na França

 

O que a equipe Haas disse - sexta-feira na França

Haas

A sessão de abertura tinha apenas um minuto quando Schumacher se viu nas barreiras , depois de girar as primeiras portas. Felizmente, ele conseguiu seguir em frente, mas depois perdeu a corrida com um problema de Brake-by-wire. Embora ele tenha conseguido explorar as áreas de fuga no FP2, o seu companheiro de equipe teve que girar no início da sessão da tarde. Apesar de seus muitos momentos, ambos os pilotos completaram uma boa série de voltas enquanto sustentavam o campo.

Mick Schumacher - FP1: 1: 37,329, P19; FP2: 1: 35.512, P19

“Obviamente, tivemos alguns problemas no FP1, infelizmente, e isso apenas significou que não conseguimos fazer todas as corridas que queríamos. Ainda temos que fazer todas as voltas que queríamos no FP2, o que foi positivo e aprendemos a pista ainda melhor em comparação com o FP1, então agora é só finalizar todas as coisas que temos e tentar melhorar nos aspectos que precisamos e esperançosamente estaremos um pouco mais perto de Williams. Sentimos a temperatura nos pneus e também tivemos algum aumento nas pressões, o que torna um pouco mais difícil manter os pneus vivos, especialmente em corridas longas, então agora é tentar acertar o carro, então está tudo bem na qualificação e é bom na corrida, então espero que consigamos ”.

Nikita Mazepin - FP1: 1: 36,651, P18; FP2: 1: 35.551, P20

“Não foi um dia fácil para nós - o calor e o aumento da pressão dos pneus talvez não sejam as melhores coisas para o carro que não tem mais downforce, mas do meu lado, foi um FP1 muito suave. No FP2, concluímos o plano de corrida e acho que sabemos onde estamos no domingo, mas há muito mais a ser melhorado para a qualificação. Vindo direto de Baku e Mônaco, vejo bem mais fácil, pois não há uma parede esperando por você na saída de cada esquina, o que para um novato é uma nota positiva. Este circuito tem seus desafios - a pista é muito complicada aqui, mas estou gostando de dirigir na França ”.

Guenther Steiner, chefe da equipe

“Sem a perda de tempo de Mick na FP1, foi uma sessão muito boa e acho que fizemos boas voltas. Mick teve um problema com um problema de sistema de Brake-by-wire, mas fora isso, tudo correu como planejado. Você nunca corre o suficiente, mas sempre tentamos tirar o melhor proveito de duas horas de corrida e com os jogos de pneus que temos disponíveis. Vamos ver amanhã - estamos ansiosos para sair novamente. ”

Comentários