Pedro de la Rosa Reconhece que Lewis Hamilton era Diferenciado

pedro-de-la-rosa-reconhece-que-lewis-hamilton-era-diferenciado

Pedro de la Rosa revelou como viu o potencial de Lewis Hamilton durante seu primeiro teste de Fórmula 1.


Depois de deixar a GP2 no caminho para o campeonato em 2006, o britânico, que já estava vinculado à McLaren, teve a oportunidade de defender sua vaga ao lado de Fernando Alonso no ano seguinte.

Hamilton participou junto com De la Rosa e Gary Paffett, que eram pilotos de teste na época, e o espanhol lembrou que não demorou muito tempo para Lewis se estabelecer.

“Fomos testar em setembro e um dia com Lewis em Silverstone, foi quando minha mente mudou”, disse ele ao podcast da Beyond the Grid da F1.

“Fomos testar lá, foi sua primeira experiência na Fórmula 1. Então eu corri, voltei, olhei para os tempos e vi que Lewis era o mais rápido, sabia? Na segunda ida para a pista”.

“Olhei para os dados e disse: ‘O que aconteceu?'” A McLaren disse: ‘Bem, nós o colocamos com pneus novos e ele foi muito rápido’, eu tinha acabado de perceber o potencial de Lewis hamilton.”

Tendo visto o que Hamilton conseguiu na época, De la Rosa também sabia o que estava por vir quando ele entrou no grid da F1 em 2007.

“Tivemos um problema enorme. Nós na McLaren, e todos os pilotos do grid, porque se Pedro de la Rosa tem um problema, todo mundo tem”, brincou.

“Primeiro teste de Fórmula 1, sua segunda corrida, e eu percebi que esse cara era muito, muito rápido”.

“Quero dizer, eu já vi muitos pilotos na minha vida, eu estive com pilotos muito bons, eu diria, e me sinto muito honrado com isso, mas quando vi Lewis, pensei: ‘Uau, isso é muito especial’.”

Seis títulos mundiais e 84 vitórias em corridas depois, é seguro dizer que De la Rosa não estava errado.

Comentários