GP australiano da F1 será cancelado após caso de coronavírus

A Fórmula 1 não estará competindo no GP da Austrália neste fim de semana após um membro da equipe da McLaren contrair coronavírus.

GP australiano da F1 será cancelado após caso de coronavírus

Entende-se que a maioria das equipes decidiu não competir no Albert Park durante as negociações realizadas na noite de quinta-feira.

A McLaren confirmou mais cedo na quinta-feira que eles se retirariam do fim de semana depois que um membro da equipe testou positivo para coronavírus.

Uma declaração da McLaren dizia: "O membro da equipe foi testado e auto-isolado assim que começou a mostrar sintomas e agora será tratado pelas autoridades de saúde locais.

"A equipe se preparou para essa eventualidade e tem suporte contínuo para o funcionário que agora entrará em um período de quarentena. A equipe está cooperando com as autoridades locais relevantes para auxiliar suas investigações e análises".

Melbourne se torna a segunda corrida de F1 a ser cancelada na data prevista, com o GP da China - que deveria ser a quarta rodada da temporada - adiado de seu período de meados de abril no mês passado.

A Australian GP Corporation confirmou que, no total, oito funcionários da F1 foram testados quanto a possíveis coronavírus por chefes médicos no estado local de Victoria. Sete retornaram resultados negativos, com o indivíduo da McLaren testando positivo.

Autoridades do GP da Austrália disseram que um nono indivíduo, que não está conectado a uma equipe, a FIA ou fornecedores, estava aguardando os resultados de um teste.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.