F1 estende férias e antecipa pausa para março

F1 estende férias e antecipa pausa para março

Anúncio foi feito nesta quarta-feira e livra o período de agosto para a realização de etapas, diminuindo impacto do coronavírus no calendário.

Com a pandemia do Covid-19, o calendário da Fórmula 1 foi bastante afetado, com o cancelamento do GP da Austrália, adiamento das etapas do Bahrein e do Vietnã e com mais provas ainda como dúvida, como Holanda e Espanha. 

Para reduzir o impacto do coronavírus no calendário da F1 e abrir espaço para remanejar as corridas impactadas, o Conselho Mundial do Esporte a Motor, órgão ligado à FIA, aprovou uma importante modificação que beneficia a categoria e as equipes.

Em decisão anunciada na manhã desta quarta-feira (18), o Conselho confirmou a mudança das férias de verão da F1, tradicionalmente realizada em agosto, que será trazida para os meses de março de abril. Além disso, a duração das férias foi modificada, passando a ter uma duração de 21 dias, ao invés dos 14 tradicionais.

O anúncio foi feito através de um comunicado, que diz: "Devido ao impacto global do Covid-19 coronavírus afetando atualmente a organização do Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA, o Conselho Mundial do Esporte a Motor aprovou a mudança no Regulamento Esportivo da Fórmula 1, mudando a pausa de verão de julho e agosto para março e abril, estendendo o período de 14 para 21 dias".

"Todas as equipes devem parar por um período de 21 dias consecutivos entre os meses de março e/ou abril".

Atualmente, a categoria espera a diminuição da pandemia do Covid para avaliar o melhor momento para iniciar a temporada 2020.

Comentários