Christian Horner: “É difícil criticar a demora do cancelamento do GP da Austrália”

christian-horner-e-dificil-criticar-a-demora-do-cancelamento-do-gp-da-australia

Christian Horner, chefe da Red Bull, disse que é “difícil criticar” a demora para a decisão sobre o cancelamento do Grande Prêmio da Austrália, pois na chegada “não havia testes positivos” de coronavírus, até o resultado dos membros da equipe da McLaren.

A Fórmula 1 estava programada para começar normalmente na Austrália até a noite anterior ao início do TL1. A McLaren anunciou sua retirada da corrida devido a um membro da equipe que testou positivo para o coronavírus.

Horner sente que a decisão da F1 e da FIA de cancelar o GP, foi a correta, mas que não havia uma razão consistente para fazê-lo antes das equipes viajarem.

“Acho que é uma decisão incrivelmente difícil, porque estava mudando o tempo todo. Quando chegamos à Austrália ainda não havia testes positivos”, disse ele à Autosport.

“Tivemos um teste positivo, e claro, a decisão foi de não correr. É difícil criticar isso.”

“Se o membro da equipe da McLaren já tivesse testado positivo antes de viajarmos, o fim de semana inteiro seria cancelado antes de irmos para lá”.

“Claro que é uma pena, mas no final você precisa colocar a saúde dos fãs, dos telespectadores e das equipes em primeiro lugar”, completou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.