Charles Leclerc - Ninguém é imbatível

Charles Leclerc exalta aprendizado nos primeiros anos e garante: "Ninguém é imbatível"

Monegasco parte para sua terceira temporada na Fórmula 1 e se vê em condições de derrotar qualquer piloto, inclusive Lewis Hamilton, a quem elogia: "Grande campeão"

charles-leclerc-ninguem-e-imbativel

Xodó da fanática torcida da Ferrari, Charles Leclerc parte para sua terceira temporada na Fórmula 1 querendo se consolidar como candidato ao título e, consequentemente, número 1 da tradicional equipe italiana. O monegasco de 22 anos tem sido constantemente questionado sobre se está preparado para ser campeão e se pode derrotar nomes como o hexacampeão Lewis Hamilton. Com personalidade e pés no chão, Leclerc falou sobre o inglês e suas lições nos seus primeiros anos de F1.

- Ninguém é imbatível. Nem mesmo Lewis Hamilton, embora ele seja obviamente um grande campeão. Lewis não é apenas mais experiente do que eu, mas também mais completo, desde que corre na Fórmula 1 desde 2007. Estou aqui apenas desde 2018. Pessoalmente, tenho de aprender a gerenciar melhor os pneus e esse é um aspecto em que ele é fenomenal - comentou Leclerc em entrevista ao jornal "La Gazzetta dello Sport".

Xodó da fanática torcida da Ferrari, Charles Leclerc parte para sua terceira temporada na Fórmula 1 querendo se consolidar como candidato ao título e, consequentemente, número 1 da tradicional equipe italiana. O monegasco de 22 anos tem sido constantemente questionado sobre se está preparado para ser campeão e se pode derrotar nomes como o hexacampeão Lewis Hamilton. Com personalidade e pés no chão, Leclerc falou sobre o inglês e suas lições nos seus primeiros anos de F1.

- Ninguém é imbatível. Nem mesmo Lewis Hamilton, embora ele seja obviamente um grande campeão. Lewis não é apenas mais experiente do que eu, mas também mais completo, desde que corre na Fórmula 1 desde 2007. Estou aqui apenas desde 2018. Pessoalmente, tenho de aprender a gerenciar melhor os pneus e esse é um aspecto em que ele é fenomenal - comentou Leclerc em entrevista ao jornal "La Gazzetta dello Sport".


- Todo mundo nos testes faz coisas diferentes, você não sabe o quanto (outras equipes) pressionam o motor ou a quantidade de gasolina no carro. Estamos felizes com o nosso trabalho e com o que aprendemos. No entanto, na diferença de desempenho em relação aos nossos rivais, temos de esperar por Melbourne. No ano passado, começamos velozes, ficamos muito felizes, então a primeira corrida mostrou que não entendíamos realmente onde estávamos. Este ano, a abordagem é diferente, estamos focados em nós, apesar de Mercedes e RBR serem muito fortes. O programa foi importante para crescer, conhecer melhor o carro.

Quarto colocado no campeonato do ano passado, Charles Leclerc conquistou em 2019 suas primeiras duas vitórias, em Spa-Francorchamps e Monza. O monegasco terminou o campeonato à frente do companheiro de equipe, o tetracampeão Sebastian Vettel.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.