Vettel: 'Talvez eu fosse muito galinha' na prática húmida da Hungria


Sebastian Vettel parecia ter dominado a chuva em sua corrida em casa pela última vez, mas quando chegou a sessão molhada do FP2 na Hungria na sexta-feira, Vettel disse que provavelmente enfrentou a situação com timidez.

A Red Bull ficou em segundo lugar no Hungaroring, com a Mercedes logo atrás ... e a Ferrari no P7 e P14, Vettel a quatro décimos do companheiro de equipe Charles Leclerc.

O consenso geral era de que a sessão não era representativa, mas poucos esperavam que Vettel fosse tão baixo na hierarquia. Então, por que ele não havia colocado uma volta mais rápida nas condições úmidas?

"Talvez eu fosse muito frango", disse Vettel. “Você sabe que tem uma longa sessão à sua frente, então eu não tinha certeza do quanto estava chovendo, porque havia algumas grandes quedas, mas a pista estava absolutamente boa.

“Foi a primeira corrida, também estávamos nos pneus duros, um pouco lentos para chegar a [temperatura]. A bandeira vermelha [após o acidente de Alex Albon ] não ajudou, mas tudo estava bem. Eu tinha muita margem; Eu acho que nessas condições é mais importante eu obter a resposta para o carro do que o tempo final da volta. ”

Precisamos trabalhar muito para amanhã para tentar encontrar uma solução e esperamos estar mais próximos do topo

Charles Leclerc

O companheiro de equipa Leclerc foi muito mais pessimista - não considerando a sua própria capacidade de enfrentar a chuva - mas sim o equilíbrio do seu Ferrari SF90. O piloto monegasco caiu no Grande Prêmio da Alemanha , mas isso não o afetou tanto quanto o ritmo da Ferrari na Hungria.

"Eu não estava tão triste depois da Alemanha, apesar de ter sido um erro do meu lado", disse ele. “[Mas] no geral não foi um dia muito bom hoje. Nós temos lutado muito com o equilíbrio. Precisamos trabalhar muito para amanhã para tentar encontrar uma solução e esperamos estar mais próximos do topo.

“Do meu lado eu não estou muito feliz no momento com o equilíbrio do carro, então eu preciso trabalhar bastante nisso. Eu acho que [no] molhado eu estava em melhor forma. No geral, acho que estamos lutando um pouco com o nível downforce que temos - é uma pista em que precisamos de muita downforce. Sabíamos que seria um caminho difícil para nós, por isso precisamos trabalhar e tentar melhorar para amanhã ”.

Então a Ferrari ainda não mostrou suas verdadeiras cores, e teremos que esperar até sábado para ver onde eles realmente estão, mas há poucas dúvidas de Lewis Hamilton , líder de campeonato , e Pierre Gasly , líder do FP2 , de que a exibição final da Scuderia estar longe de ser insignificante ...