Vettel e Leclerc discordam sobre as chances da Ferrari na Hungria


Sebastian Vettel e Charles Leclerc parecem estar em desacordo sobre as chances da Ferrari de uma qualificação bem sucedida para o Grande Prêmio da Hungria, se a chuva prevista não chegar.

A natureza mais curta e mais lenta do Hungaroring não é esperada para se adequar ao SF90, que tem sido poderoso em linhas retas durante todo o ano, mas mostrou uma fraqueza crucial nos cantos.

No entanto, Vettel conseguiu quase igualar o tempo de Max Verstappen na primeira sessão de treinos de sexta-feira, apenas um décimo de segundo abaixo de Lewis Hamilton no topo da tabela de tempos.

Um chuvoso FP2 ofereceu uma chance de correr em condições de mudança, mas Vettel está confiante em qualquer clima.

"Eu acho que em ambas as condições nós deveríamos estar por perto; quão perto, vamos ver", disse Vettel. "Eu acho que a Mercedes parece muito forte imediatamente."



A opinião do alemão está em ligeiro contraste com o seu companheiro de equipa, com Leclerc a procurar assistência dos céus no dia da qualificação.

Ele disse: "Eu acho que no molhado, eu estava em melhor forma. No geral estamos lutando um pouco com o nível de downforce que temos.

"É uma pista onde precisamos de muita força descendente, sabíamos que seria uma pista difícil para nós, por isso precisamos trabalhar e tentar melhorar para amanhã.

"Será tudo uma questão de tentar antecipar o que acontecerá no domingo", acrescentou. "Acho que tudo vai ser bem diferente no domingo, muito mais quente do que era hoje, sem chuva, então sim, vamos ver o domingo.

"Obviamente, foi tudo sobre as voltas antes nas condições que estavam mudando bastante. Vamos ver amanhã. Esperemos que chova."